Faça o teste

Browse By

Human Nature, Fire Department Club

Human Nature, novo EP da Fire Department Club

De certa forma, o New Yeah está no ar desde 2013, quando ainda habitava um endereço de Tumblr. Desde então, muita coisa chegou por aqui e muita coisa diferente aconteceu na música brasileira e internacional como um todo. Lembro bem do dia em que, no auge da minha febre indie adolescente, conheci a banda gaúcha Fire Department Club. Os caras foram os precursores do inbox do New Yeah, ainda em seus primeiros passos, e toparam participar da primeira entrevista feita por nós. De lá pra cá, eles correram o mundo e parte do que o André Ache, vocalista e baixista da banda, me contou lá em 2013, nas respostas daquela entrevista, foram os ingredientes necessários para dar vida ao mais novo trabalho da banda: o EP Human Nature, lançado hoje, com exclusividade pelo New Yeah.

Human Nature, Fire Department Club

A Fire Department Club é uma das remanescente brasileiras da era alternativa pós-Strokes, formada sobretudo por bandas que decidiram ir para o lado mais sintetizado do gênero e apostar em referências mais eletrônicas e dançantes, levando um pouco das guitarras e da bateria orgânica para as pistas. Prova disso é o envolvimento constante dos caras da banda gaúcha nas festas e iniciativas locais que buscam resgatar um pouco desse boom que houve na metade dos anos 2000.

A constância e o engajamento levaram a Fire não só para os palcos da região, mas também para fora do estado e do país. A banda chegou até os EUA, através de uma parceria com o selo gringo Sonovibe Records, e realizou shows em diversas casas bem importantes de lá, onde “Best Intuition” chegou ao top 10 de algumas rádios locais e onde também, por ocasião das viagens, a banda acabou gravando uma parte do EP que está sendo lançado hoje. Em outra oportunidade, os caras ainda foram chamados para tocar no Canadá e para abrir o sideshow do Lollapalooza com The Kooks em Porto Alegre, levando o seu som para um número ainda maior de ouvintes.

fire-department-club

Fire Department Club: caçadores globais de adoradores do indie desde 2012.

Musicalmente, a Fire sempre carregou em seu DNA as referência bem claras do indie dançante, trazendo como desafio a criação de alternativas novas dentro deste modelo que muitas bandas preferiram simplesmente desgastar. Aparentemente, criar variações sobre esta base sólida tem sido cada vez mais natural para o grupo. Isso fica ainda mais claro ao comparar as faixas do primeiro registro, Colourise (2012), com as canções de Human Nature (2016). Essa evolução, em química, dinâmica e criatividade é alcançada com a manutenção da equipe que ajudou a moldar o grupo (como o produtor dos trabalhos anteriores, Luc Silveira) e com a inclusão de novos nomes com bagagem inquestionável (como Dave Locke, do Smashing Pumpkins, que fez um trabalho impecável na masterização).

Em “Human Nature”, música que abre o trabalho, os sintetizadores ganham ainda mais vida e aparecem como principal elemento logo na abertura da canção. Seu refrão carregado de riffs de teclado lembra os saudosos hits de bandas como The Killers e Cut Copy. Ao final, a guitarra dá as caras e completa o arranjo da abertura do EP, mostrando uma Fire Department Club ainda mais experiente e técnica.

“Into Your Fire” é regida pela voz de André e apresenta um arranjo mais orgânico, apostando na bateria e na guitarra como principais bases, seguidas por algumas camadas de teclados. “Chasing That Spark”, a terceira faixa, diminui um pouco o ritmo do registro e apresenta uma mistura entre teclado, bateria e riffs. Fechando os trabalhos, “No Sound” caminha por diversos climas diferentes, criando uma série de paisagens durante os seus quase quatro minutos.

Analisando a trajetória da banda de 2013 até aqui, o que se pode perceber é o quanto cada um dos integrantes conseguiu colocar um pouco mais de si no som a cada dia, sendo esta a receita para que o grupo se descolasse do gênero indie pop para seguir por caminhos próprios. Esse caminho de desenho da própria autonomia é constante e ganha uma nova fase a partir de Human Nature, mais madura, mais sofisticada e cada vez mais autêntica.

Ouça o EP na íntegra pelo Spotify.