Faça o teste

Browse By

Alba (Mante)

Alba

A cada novo ano, mais projetos musicais feitos por uma pessoa só pipocam no inbox do New Yeah. Alba, do curitibano Mante (Lorenzo Molossi), é um dos bons exemplos do que a tecnologia e a autoprodução passaram a acrescentar aos sons nacionais, sobretudo da última década para cá. O disco lançado no final de 2017 traz uma mescla de beats e ambiências que formam uma grande colcha de retalhos. O resultado, no entanto, não é a confusão, mas um hibridismo muito bem orquestrado que é tremendamente musical apesar da experimentação constante.

Lorenzo, além de produzir suas próprias músicas, também é uma figura ativa na cena de Curitiba, tendo participações nas bandas Dunas, e Veenstra, além de ter tocado com a banda Cora durante a sua turnê pelo sul/sudeste em 2017 e de ser uma das mentes por traz do selo/coletivo Atlas. Com toda essa bagagem, a intimidade com o processo de gravação já era esperada, ainda que o álbum fosse um debut. A surpresa fica mais por conta da natureza do trabalho, bem diferente de boa parte do que o multi-instrumentista já havia mostrado em seus projetos e participações anteriores.

Mesmo sem letra, até as canções com maior duração conseguem prender o ouvinte de alguma forma até o final, em parte por conta da qualidade encontrada no registro, mas muito por conta de se tratar de um trabalho instrumental imprevisível onde cada pequeno instante da nuvem de camadas possui um brilho especial e uma função junto ao todo. As camadas de som não são tratadas como ambiências, mas como frases de uma linguagem peculiar.

Lorenzo conseguiu, em seu primeiro trabalho solo, produzir um disco pouquíssimo comum. Por mais que as suas músicas sejam instrumentais e se encaixem em um rótulo “experimental eletrônico”, os refrões, as pontes e as estrofes estão ali, mas aparentemente pronunciadas em um idioma próprio. É quase como se Lorenzo cantasse sem abrir a boca. Um prato cheio para quem já conhece o cardápio de Tycho, Mogwai e Bonobo, mas também um excelente prato de entrada para quem acaba de sentar nesta mesa.

Compartilhar: